domingo, 5 de abril de 2015

PAPA: “O AMOR VENCEU O ÓDIO, A VIDA VENCEU A MORTE”


Cidade do Vaticano – O Papa Francisco presidiu neste Domingo de Páscoa (05/04), no adro da Basílica de São Pedro, a solene celebração Eucarística da Ressurreição do Senhor. Não obstante a chuva, foi grande a participação de fiéis na missa pascal celebrada pelo pontífice. Após a celebração, Francisco se dirigiu ao balcão central da Basílica Vaticana de onde dirigiu aos milhares de fiéis, presentes na Praça São Pedro, suas felicitações de Santa Páscoa e concedeu a Bênção “Urbi et Orbi” à Cidade de Roma e ao mundo inteiro. “O amor venceu o ódio, a vida venceu a morte, a luz afugentou as trevas! Com a sua morte e ressurreição, Jesus indica a todos o caminho da vida e da felicidade: este caminho é a humildade, que inclui a humilhação. Para entrar no mistério, é preciso «inclinar-se», abaixar-se. Somente quem se abaixa compreende a glorificação de Jesus e pode segui-Lo na sua estrada”, disse Francisco na Mensagem “Urbi et Orbi” proferida neste Domingo de Páscoa. 

ÍNTEGRA DA MENSAGEM 
Queridos irmãos e irmãs, Jesus Cristo ressuscitou! 
O amor venceu o ódio, a vida venceu a morte, a luz afugentou as trevas! Por nosso amor, Jesus Cristo despojou-Se da sua glória divina; esvaziou-Se a Si próprio, assumiu a forma de servo e humilhou-Se até à morte, e morte de cruz. Por isso, Deus O exaltou e fê-Lo Senhor do universo. Jesus é Senhor! 

Com a sua morte e ressurreição, Jesus indica a todos o caminho da vida e da felicidade: este caminho é a humildade, que inclui a humilhação. Esta é a estrada que leva à glória. Somente quem se humilha pode caminhar para as «coisas do alto», para Deus (cf. Col 3, 1-4). O orgulhoso olha «de cima para baixo», o humilde olha «de baixo para cima». 

Na manhã de Páscoa, informados pelas mulheres, Pedro e João correram até ao sepulcro e encontraram-no aberto e vazio. Então aproximaram-se e «inclinaram-se» para entrar no sepulcro. Para entrar no mistério, é preciso «inclinar-se», abaixar-se. Somente quem se abaixa compreende a glorificação de Jesus e pode segui-Lo na sua estrada. 

A proposta do mundo é impor-se a todo o custo, competir, fazer-se valer… Mas os cristãos, pela graça de Cristo morto e ressuscitado, são os rebentos duma outra humanidade, em que se procura viver ao serviço uns dos outros, ser não arrogantes mas disponíveis e respeitadores. 

Isto não é fraqueza, mas verdadeira força! Quem traz dentro de si a força de Deus, o seu amor e a sua justiça, não precisa de usar violência, mas fala e age com a força da verdade, da beleza e do amor. 

Do Senhor ressuscitado imploramos a graça de não cedermos ao orgulho que alimenta a violência e as guerras, mas termos a coragem humilde do perdão e da paz. A Jesus vitorioso pedimos que alivie os sofrimentos de tantos irmãos nossos perseguidos por causa do seu nome, bem como de todos aqueles que sofrem injustamente as consequências dos conflitos e das violências em curso.] 

Pedimos paz, antes de tudo, para a Síria e o Iraque, para que cesse o fragor das armas e se restabeleça a boa convivência entre os diferentes grupos que compõem estes amados países. Que a comunidade internacional não permaneça inerte perante a imensa tragédia humanitária no interior destes países e o drama dos numerosos refugiados. 

Imploramos paz para todos os habitantes da Terra Santa. Possa crescer entre israelitas e palestinenses a cultura do encontro e se retome o processo de paz a fim de pôr termo a tantos anos de sofrimentos e divisões. 

Suplicamos paz para a Líbia a fim de que cesse o absurdo derramamento de sangue em curso e toda a bárbara violência, e aqueles que têm à frente o destino do país se esforcem por favorecer a reconciliação e construir uma sociedade fraterna que respeite a dignidade da pessoa. E almejamos que, também no Iêmen, prevaleça uma vontade comum de pacificação a bem de toda a população. 

Ao mesmo tempo, confiamos esperançosos ao Senhor misericordioso o acordo alcançado nestes dias em Lausanne, a fim de que seja um passo definitivo para um mundo mais seguro e fraterno. 

Do Senhor Ressuscitado imploramos o dom da paz para a Nigéria, o Sudão do Sul e as várias regiões do Sudão e da República Democrática do Congo. De todas as pessoas de boa vontade se eleve incessante oração por aqueles que perderam a vida – penso de modo particular aos jovens mortos na quinta-feira passada numa Universidade de Garissa, no Quênia -, por quantos foram raptados, por quem teve de abandonar a própria casa e os seus entes queridos. 

A Ressurreição do Senhor leve luz à amada Ucrânia, sobretudo àqueles que sofreram as violências do conflito nos últimos meses. Possa o país reencontrar paz e esperança, graças ao empenho de todos as partes interessadas. 

Paz e liberdade, pedimos para tantos homens e mulheres, sujeitos a formas novas e antigas de escravidão por parte de indivíduos e organizações criminosas. Paz e liberdade para as vítimas dos traficantes de droga, muitas vezes aliados com os poderes que deveriam defender a paz e a harmonia na família humana. E paz pedimos para este mundo sujeito aos traficantes de armas. 

Aos marginalizados, aos encarcerados, aos pobres e aos migrantes que tantas vezes são rejeitados, maltratados e descartados; aos doentes e atribulados; às crianças, especialmente as vítimas de violência; a quantos estão hoje de luto; a todos os homens e mulheres de boa vontade chegue a voz consoladora do Senhor Jesus: «A paz esteja convosco!» (Lc 24, 36). «Não temais! Ressuscitei e estou convosco para sempre!» (cf. Missal Romano, Antífona de Entrada no dia de Páscoa). 

Na saudação aos fiéis Francisco disse: 

Queridos irmãos e irmãs, dirijo minhas felicitações de Feliz Páscoa a todos vocês presentes nesta praça provenientes de vários países, como também a todos aqueles que nos acompanham através dos meios de comunicação. Levem para suas casas e às pessoas que encontrarem o alegre anúncio de que o Senhor da vida ressuscitou, trazendo consigo amor, justiça, respeito e perdão! Obrigado pela sua presença, por sua oração e pelo entusiasmo de sua fé. Obrigado pelas flores que também este ano vieram da Holanda. Feliz Páscoa a todos!

Fonte: http://www.franciscanos.org.br/?p=82550

domingo, 16 de novembro de 2014

MOSTRA REÚNE OBRAS DE FREI DOMINGOS SÁVIO


Uma mostra com 16 pinturas 11 desenhos e um painel de autoria de Frei Domingos Sávio está aberta ao público no Convento São Francisco de Olinda pelos próximos dois meses. O lançamento da exposição aconteceu no sábado, 15 de novembro, e contou com a presença de familiares, amigos e confrades do franciscano que utilizava da arte como missão. 

A mostra foi uma iniciativa de amigos e confrades do religioso. A curadoria da exposição ficou a cargo do artista plástico Roberto Ploeg, que considera a arte de domingos uma atitude crítica de indignação diante das injustiças sociais e, ao mesmo tempo, a chama de esperança de uma sociedade mais igualitária. 

A exposição aborda temáticas cristãs, populares, sensuais e, sobretudo, retratos do cotidiano. Uma diversidade de tons, técnicas e formatos que permite aos visitantes um passeio pelo universo amplo que frei Domingos Sávio procurou contemplar e registrar através de seu olhar. 

Boa parte as obras do frei Domingos tem as marcas da teologia da libertação. O religioso foi um dos fundadores do Movimento de Artistas da Caminhada – Marca, colocando sua arte a serviço de várias organizações populares e ONGs comprometidas coma transformação da sociedade brasileira. 

Após descobrir, aos 35 anos, que era portador de uma lesão degenerativa-progressiva na medula chamada siringomielia, Frei Domingos foi, pouco a pouco deixando de pintar. Mas não abandonou as artes. Explorou, e com maestria, a veia literária. São crônicas e cartas de cunho meditativo que resgatam o cerne de sua vocação franciscana: o olhar para os pobres e marginalizados. Os produtores e idealizadores da exposição pretendem, logo a seguir, lançar um livro com suas crônicas. 

Frei Domingos participou de todo o processo de criação da exposição. Infelizmente veio a falecer em agosto deste ano, mas sua memória permanece viva através de sua obra. A exposição permanece em cartaz até dia 6 de fevereiro no Convento de São Francisco com entrada gratuita. Um blog também foi produzido para divulgar a mostra, onde podem ser conferidas tanto informações sobres as obras como outras curiosidades e perspectivas do projeto.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3524

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

ELEITO NOVO GOVERNO DA PROVÍNCIA DE SANTO ANTÔNIO DO BRASIL

Foram eleitos em Sessão Capitular na tarde desta quarta-feira (12/11/2014) os frades que comporão o Governo da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil. Para o serviço de Ministro Provincial foi eleito Frei Carlos Alberto Breis Pereira, OFM (Frei Beto) e para Vigário Provincial, Frei João Amilton dos Santos, OFM. Como definidores foram eleitos: Frei Severiano Alves Barbosa, OFM, Frei Lenilson Santana Santos, OFM, Frei Wellington Buarque de Souza, OFM, Frei Rogério Rodrigues da Silva, OFM, Frei Sérgio Moura Rodrigues, OFM e Frei Gilmar Nascimento da Silva, OFM. 


Ao centro o Ministro Provincial, Frei Carlos Alberto Breis e o Vigário Provincial, Frei João Amilton dos Santos. Em sentido horário os Definidores: à esquerda Frei Severiano Alves, Frei Gilmar Nascimento e Frei Wellington Buarque; à direita Frei Sérgio Moura, Frei Lenilson Santana e Frei Rogério Rodrigues. Ao centro o Ministro Provincial, Frei Carlos Alberto Breis e o Vigário Provincial, Frei João Amilton dos Santos. Em sentido horário os Definidores: à esquerda Frei Severiano Alves, Frei Gilmar Nascimento e Frei Wellington Buarque; à direita Frei Sérgio Moura, Frei Lenilson Santana e Frei Rogério Rodrigues. 

Após votarem várias propostas sobre redimensionamento das presenças, os 39 capitulares presentes reuniram-se em sessão eletiva na Sala Capitular do Convento de Ipuarana – Lagoa Seca-PB e, diante do Presidente do Capítulo, Frei Estevão Ottenbreit, OFM, tanto o Ministro Provincial cessante, Frei Marconi Lins de Araújo, OFM, quanto o Vigário Provincial, definidores e guardiães renunciaram aos cargos e serviços que até então vinham exercendo. 

Invocando o Espírito Santo, os frades pediram a inspiração divina e seguiram com a votação. Primeiro para Ministro Provincial, depois para Vigário Provincial e, por fim, para Definidores. Consultados por Frei Estevão se aceitavam prestar tais serviços à fraternidade, os irmãos responderam positivamente. A seguir todos os irmãos puseram-se em caminhada até a Igreja Conventual, onde se deu o Rito de Posse. O Ministro Provincial recém eleito, Frei Beto, realizou diante do Presidente do Capítulo e dos demais irmãos a profissão de fé. Como representante do Ministro Geral, sucessor de São Francisco, Frei Estevão investiu o novo Ministro Provincial em seu ofício, conferindo-lhe “a autoridade, o poder e o ministério pastoral de todos os Irmãos”, simbolizado através da entrega do selo da Província. Logo depois foram confirmados no cargo o Vigário Provincial e os Definidores. 

Ao final da Celebração os confrades impuseram as mãos sobre os membros do novo Governo Provincial, cantando solenemente a Benção de São Francisco, seguindo-se a saudação fraterna da paz aos recém eleitos.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3496

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

CAPÍTULO PROVINCIAL 2014 SEGUE ATÉ O DIA 13 DE NOVEMBRO


De 3 a 13 de novembro frades da Província de Santo Antônio do Brasil estão reunidos no Convento de Santo Antônio de Ipuarana, Lagoa Seca-PB, para o Capítulo Provincial 2014. No encontro serão discutidos os rumos da vida e missão onde os frades estão presente (no nordeste do Brasil, entre os índios Tiriyó, no Pará, e na Alemanha) e eleitos os novos dirigentes provinciais (ministro, vigário e definidores). 

O tema “Discernir, partindo novamente do Evangelho: Passos concretos para redimensionar nossa vida e missão” norteia os trabalhos dos dez dias, quando serão apresentados relatórios e construídas propostas para os próximos três anos. Momentos de oração, estudo da Regra Franciscana e de confraternização também fazem parte do Capítulo. 

O Capítulo é uma assembléia realizada a cada três anos como tempo privilegiado de revisão e planejamento dos frades menores. Para conduzir os trabalhos, foi nomeado como Visitador Geral Frei Estevão Ottenbreit, OFM, da Província da Imaculada Conceição. Ele visitou todas as fraternidades e apresentará seu relatório apontando desafios e perspectivas da missão provincial.

Fonte: http://www.ofmsantoantonio.org/?p=3456

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

PROCISSÃO ENCERRA OS FESTEJOS A SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS DE CANINDÉ/CE

O encerramento oficial da Festa de São Francisco foi marcado com a procissão do andor do santo pelas ruas de Canindé. Milhares de pessoas acompanharam a imagem primitiva de São Francisco, trazida a Canindé pelo seu fundador, Francisco Xavier de Medeiros. Há mais de 200 anos a Imagem de São Francisquinho é símbolo da Fé do Romeiro em Canindé. 

Foi à primeira imagem do Santo a chegar a nosso Santuário e, por isso, está gravado na História do Povo Nordestino. Mesmo com tanto tempo a Imagem repassa ainda hoje para os fiéis, a imagem de São Francisco de Assis que em toda sua vida buscou ser sempre um Espelho de Perfeição. 



Segundo o historiador, César Magalhães, a imagem de São Francisquinho tem traços da Escola de Artes de Pernambuco, ficando bem claro que a imagem não veio de Portugal, como conta a história, e sim, brasileira.

Fonte e fotos: http://www.santuariodecaninde.com/noticias-destaques/procissao-sao-francisco-ruas-caninde-bencao-com-reliquia/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...